Cirurgia Plástica e Estética

Como perder a pochete e reconquistar a autoestima?

Publicado por Thuane Kuchta on 13/jul/2018 11:00:00

Mesmo quem se mantém disciplinada ao frequentar a academia e segue rigorosamente os hábitos alimentares exigidos na dieta, sofre para eliminar aquele excesso de gordurinha ao redor da cintura. Mas como conquistar uma barriga sarada é um dos objetivos da maioria das pessoas vaidosas, separei algumas dicas para se livrar dos quilinhos extras e perder a “pochete”.

O que é pochete

Gordura localizada na barriga que pode estar relacionada à genética, à alimentação e ao sedentarismo. Um incômodo comum tanto de homens quanto de mulheres, que costumam sofrer mais após a menopausa, em decorrência da baixa produção hormonal.

Como se livrar dela

Algumas mudanças no seu cotidiano podem ajudar nessa luta para perder barriga. Como por exemplo, investir em um prato variado e o principal: equilibrado. Diminuir o consumo de sal e açúcar também ajuda, além claro, de incluir boas práticas no seu dia a dia, como exercícios físicos!

Para ver mais dicas, leia o artigo anterior "Como perder gordura localizada na barriga".

como-perder-a-pochete-img

Mas, se mesmo com certa disciplina e colocando essas dicas em práticas, você não consegue se livrar da barriguinha extra, e pra piorar, isso anda intervindo na qualidade da sua vida, há alternativas capazes de solucionar este problema. Continue acompanhando.

Baixa autoestima

Claro que os homens também têm suas insatisfações, mas se perguntássemos para dez mulheres se estão totalmente satisfeitas com seu corpo, pelo menos oito delas diriam que não.

Todas querem mudar uma coisinha aqui ou outra ali, e é de conhecimento comum, que a maior vilã na busca pelo corpo considerado ideal é a gordura abdominal. Ela é a mais resistente a regimes e exercícios físicos.

Suas causas vão muito além de uma alimentação ruim, e por vezes, trata-se de uma soma de fatores. O acúmulo de gordura na região abdominal pode ser causado pelo estresse, por um desequilíbrio hormonal e principalmente pelo sedentarismo, como mencionamos anteriormente.

O que poucos se atentam é que a gordura abdominal também é um risco à saúde, uma vez que pode a responsável pelo aparecimento de doenças como diabetes, hipertensão e doenças cardiovasculares, entre outras. Por este motivo, é importante manter os exames em dia.

No entanto, mesmo quando o check up indica que essa gordura não está prejudicando a saúde, isso não impede que a famosa “pochete” gere insatisfação com a imagem corporal, afetando diretamente a autoestima e amor próprio.

Mas acontece, que para a mudança que queremos ver externamente ocorrer, muitas vezes é preciso mudar internamente. Mas, e se pudesse ser ao contrário?

Cirurgia Plástica e a satisfação com o próprio corpo

como-perder-a-pochete-img-2

Qualquer cirurgia plástica, seja ela qual for, costuma contribuir para o aumento da autoestima, principalmente das pessoas que escolhem realizar esses procedimentos cirúrgicos por estarem insatisfeitas com seus corpos à anos e não conseguirem resultados com outras alternativas.

Para o caso daquelas que sofrem com a pochete, posso citar alguns dos procedimentos que mais trazem resultados positivos, são eles: Lipoaspiração, Lipoescultura, Lipoaspiração a Laser, Mini Lipo, Vibrolipoaspiração e Lipoaspiração Ultrassônica.

Conheça cada um

Lipoaspiração

A Lipoaspiração confere ao paciente um melhor contorno corporal, reduzindo o volume de gordura em áreas localizadas, como o caso da barriga.

Mas, embora muitos pensem, a lipoaspiração não é feita para perder peso, pois a maior mudança se dá na silhueta corporal e não na balança, e é por isso que os melhores resultados são obtidos nas lipoaspirações em que o paciente apresenta casos como de “pochetes”.

Lipoescultura é uma Lipoaspiração na qual parte da gordura aspirada é enxertada (injetada) em outra parte do corpo (glúteos, depressões, vincos da face, etc) visando um preenchimento desta área. Parte da gordura enxertada (em torno de 40%) é reabsorvida, ficando permanentemente no local aplicado.

É a cirurgia ideal para remodelar o corpo, tratando a barriguinha e aumentando o bumbum, por exemplo.

Lipoaspiração a laser

No caso da Lipoaspiração a Laser, a gordura da barriga é queimada pelo aquecimento gerado pelo laser, proporcionando menor sangramento, menor trauma para retirada, menos dor e maior retração da pele.

Mini Lipo

É uma Lipoaspiração realizada por setor (por partes), com volume menor lipoaspirado. Por ser um procedimento menor, é menos doloroso e com recuperação mais rápida. Indicada principalmente para os infelizes “pneuzinhos e pochete”.

Vibrolipoaspiração

É realizada com um aparelho com cânula vibratória. A vibração facilita a penetração na gordura, proporciona movimentos mais sutis e delicados e a retirada menos traumática da gordurinha indesejada da barriga.

Lipoaspiração Ultrassônica

É semelhante à Lipo a Laser, mas a cânula usada para liquefazer a gordura emite ultrassom. Por ter um probe maior na ponta, liquefaz a gordura mais rapidamente que o laser.

Também, pelo aquecimento da gordura, leva à um menor sangramento, maior facilidade de retirar a gordura, menor trauma e maior retração da pele.

Tem a vantagem sobre o laser de poder usar a gordura para enxertar, pois não destróis as células, apesar de facilitar a sua retirada. Mas é mais indicada para lipos de grandes volumes e leve flacidez na região da barriga.

Onde fazer?

A Clínica do Dr. Colaneri, especialista em cirurgia plástica, pode te ajudar a escolher a melhor cirurgia estética que se adequa perfeitamente em seu corpo.

E é claro, em seu bem estar, que é um dos principais objetivos de qualquer especialista na área de cirurgia plástica estética.

cta-4








Topics: Lipoaspiração, Lipoescultura