Cirurgia Plástica e Estética

Em que casos uma lipoescultura é indicada?

Publicado por Bethânia Lima on 15/jan/2016 10:54:53

lipoescultura

Algumas cirurgias plásticas geram muitas discussões, sobre suas indicações e possibilidades de resultados. A lipoescultura, por exemplo, gera até mesmo confusões em relação a lipoaspiração. 

Afinal, a lipoescultura é um tipo de lipoaspiração, porém que não só retira gordura localizada como também a utiliza como enxerto para modelar outras partes do corpo.

As principais indicações desse tipo de procedimento são para pessoas que estão no seu peso ideal ou próximo dele, mas possuem gordura acumulada em áreas específicas do corpo e falta de volume em outras. Pois o objetivo dessa cirurgia plástica é remodelar e melhorar o contorno corporal

 

A lipoescultura pode ser realizada em quais partes do corpo?

Geralmente a gordura é lipoaspirada de áreas que naturalmente costumam acumular células adiposas, como abdômen, flanco, dorso, pernas, braços e na famosa ‘papada’, abaixo do queixo. É importante ressaltar que o procedimento não pode ser realizado em regiões de articulações.

A gordura retirada dessas regiões passa por um processo de purificação e depois é enxertada em áreas que precisam de maior volume, como nos glúteos, em vincos do rosto, depressões na pele, entre outros.

 

Esse tipo de cirurgia deixa cicatrizes?

Todo procedimento cirúrgico deixa cicatrizes, porém as cicatrizes da lipoescultura são pequenas, com cerca de 4 milimetros, o que faz com que sejam discretas. Além disso, sua localização costuma ser estratégica, em locais como dentro do umbigo, ou abaixo da marca do biquíni.

A recuperação total da cirurgia leva aproximadamente 6 meses, mas após 4 meses já é possível observar os resultados e o novo contorno corporal. Para mais informações sobre a lipoescultura ou sobre a lipoaspiração assista aos vídeos explicativos do Dr. André Colaneri.

  

Baixe nosso ebook sobre lipoaspiração

Topics: Cirurgia plástica