Cirurgia Plástica e Estética

Ginecomastia: saiba se você sofre desse problema

Publicado por Bethânia Lima on 25/jul/2016 8:59:19

ginecomastia-5.jpg

O aumento anormal da mama masculina é um problema que pode afetar autoestima dos homens, mas ele tem solução.

 

A preocupação com um corpo bonito vem sendo cada vez mais recorrente entre homens e mulheres. Emagrecimento e correção de pequenas falhas, que podem trazer baixa autoestima estão entre as principais ações. Enquanto as mulheres buscam um corpo magro e escultural, os homens buscam um abdômen bonito e forte. Mas, por vezes, algumas anomalias podem atrapalhar nessa conquista.

 

ginecomastia-7.jpg

 

A Ginecomastia é uma delas. Ela acontece quando os homens apresentam um tamanho fora do normal da mama, o que pode causar muito constrangimento, vergonha e falta de autoestima e autoconfiança.  Neste texto, vamos falar um pouco das causas e dos tipos de tratamento para a Ginecomastia no homem.

 

O que causa a Ginecomastia?

Quando um homem apresenta uma mama maior do que o normal é bastante comum que as pessoas associem isso ao excesso de gordura e a obesidade, mas não é só nesses casos em que ela ocorre.

 

ginecomastia-.jpg

 

O aumento da mama nos homens pode estar ligado ao excesso de gordura no corpo, mas também pode estar ligado a fatores hormonais. Isso porque, a Ginecomastia pode estar presente em recém-nascidos, adolescentes, adultos e idosos e aparecer diante das alterações hormonais.

Em recém-nascidos os casos são mais raros, mas é possível notar um tamanho maior das mamas do bebê, por conta do contato com o hormônio do estrogênio, contato esse que ele teve durante a gestação, através de sua mãe, nesses casos, porém, rapidamente e com o desenvolvimento do bebê, o caso é solucionado.

Nos adolescentes, o problema pode aparecer devido ao desbalanço entre estrógeno e testosterona, resultado da fase da puberdade. E nesses casos é possível notar o aumento das duas mamas, ou de uma só. Já nos adultos e nos idosos, o problema se deve diante da queda dos níveis de testosterona.

O diagnóstico de um paciente do Ginecomastia acontece muitas vezes somente pela observação, mas precisa ser confirmado com a comprovação do aumento da glândula mamária por ultrassom. Pacientes que apresentam esse aumento de mama têm um volume maior ao redor da aréola, quanto maior a presença de gordura, fica ainda mais evidente esta condição.

 

O tratamento para Ginecomastia

O principal tratamento para Ginecomastia é a cirurgia plástica feita na região, que realiza a redução da mama masculina. A cirurgia plástica da Ginecomastia é bem simples e pode ser feita em todas as idades a partir dos 16 anos. Nos adolescentes ela pode ser feita, mas pode ser que exista a necessidade de , futuramente, passar por novos tratamentos devido a um possível desenvolvimento das mamas que ainda possa acontecer.

 

tratamento_para_ginecomastia.jpg

 

Para realizar a cirurgia de redução de mama masculina, o homem deve estar saudável fisicamente,é recomendável que o desenvolvimento da mama esteja estabilizado e com um sentimento de incômodo diante da situação de ter as mamas maiores que o normal.

Para realizar a redução da mama, quando o aumento ocorre pelo tecido glandular, o médico cirurgião faz a redução da glândula por meio de um corte na parte inferior da aréola. É comum a associação com lipoaspiração, para retirar a gordura que geralmente acompanha o aumento da glândula.  Na maioria dos casos a anestesia é local e o paciente é sedado, podendo ter alta no mesmo dia.

 

As vantagens da cirurgia de redução de mama masculina

A cirurgia da redução de mama masculina, ou Ginecomastia, costuma apresentar muitos benefícios para os homens, abaixo, elencamos alguns deles:

 

  • Autoconfiança com seu corpo: Para muitos homens que apresentam um tamanho grande da mama é muito constrangedor ficar sem camisa, ir a praia ou mesmo ter relações com mulheres. Eles se sentem extremamente desconfortáveis com tal situação e podem até sofrer com intimidações dos colegas. Quando realizam a cirurgia plástica da Ginecomastia e resolvem esta questão, a autoestima e autoconfiança com o corpo retornam e o constrangimento já não é mais uma realidade.

 

Infogrfico_Colaneri_-_CTA.png

 

  • Simples recuperação: Na maioria das vezes, a cirurgia plástica de Ginecomastia é realizada com anestesia local e sedação, o paciente fica, em média, 8 horas internado e tem uma rápida recuperação.  Em  3 dias após a cirurgia o paciente geralmente é liberado para suas atividades habituais em trabalho de escritório e durante 1 mês e meio ele é instruído a fazer o uso de uma malha compressora na região. Não há fortes relatos de dor, apenas leves incômodos que podem ser solucionados por analgésicos indicados pelo médico.
  • Resultado satisfatório: Na grande maioria das vezes, os homens se sentem bastante satisfeitos com o resultado da Ginecomastia. Em apenas 2 meses já é possível ver 80% do resultado da cirurgia e o resultado final é alcançado entre 6 meses a 1 anos, após a data da cirurgia da redução de mama masculina.

 

CTA_Pequeno.png

 

A cirurgia da redução da mama masculina deve ser realizada por um médico cirurgião habilitado para função e de total confiança, em um ambiente hospitalar com todo suporte necessário. A clínica do Dr. André Colaneri oferece esse suporte necessário, se você está interessado em fazer essa cirurgia, clique aqui e saiba mais sobre o trabalho do Dr. Colaneri, através do site.

Topics: Ginecomastia, cirurgia masculina, cirurgia corporal