Cirurgia Plástica e Estética

Como funciona a Lipoaspiração a laser?

Publicado por Thuane Kuchta on 3/ago/2018 20:00:00

No último post pudemos conhecer os Tipos de Lipoaspiração, e o procedimento a Laser é um dos que mais gera dúvidas e receios em diversas pessoas. Afinal, no que a Lipoaspiração a Laser se diferencia do procedimento tradicional? Será que vale a pena? O pós-operatório de fato é mais tranquilo? Acompanhe.

 

O que é Lipo a Laser

O laser é utilizado em várias áreas da medicina (oftalmologia, cirurgia vascular, dermatologia), gerando grande avanço em termos de segurança e melhora da recuperação de procedimentos médicos. A Cirurgia Plástica não ficou para trás. A Lipo a Laser veio para elevar o patamar da Lipoaspiração, auxiliando a reduzir o trauma cirúrgico e apressar a recuperação.

Como é realizada

Como toda Lipoaspiração realizada hoje, é feita pelo método tumescente, quando se injeta uma solução na gordura para aumentar o seu volume, visando facilitar a retirada.

A solução frequentemente é formada por soro fisiológico, adrenalina (para reduzir o sangramento) e anestésicos locais.

Por incisões muito pequenas, em torno de 4 mm, uma cânula com laser na ponta é introduzida na camada de gordura e, ao entrar em contato com as células de gordura, leva-as à ruptura devido ao calor emitido pelo laser.

Depois de usada a cânula a laser, a camada de gordura encontra-se parcialmente destruída e libera a gordura “liquefeita”.

Para retirar a gordura e os detritos das células rotas, outra cânula (geralmente tradicional) é introduzida e se faz a lipo tradicional. O laser não retira gordura, apenas a destrói.

Recuperação mais rápida

A Vibrolipoaspiração tem sido muito utilizada após o uso da cânula do laser, pois o trauma da cânula vibratória é menor do que a tradicional, levando a um menor sangramento e recuperação mais rápida.

Diferencial do Laser na Lipoaspiração

lipoaspiracao-7

A grande vantagem do uso do Laser na Lipoaspiração, não está na retirada da gordura (muitas técnicas fazem isso com ótimos resultados e segurança, como por exemplo a Vibrolipoaspiração), mas sim nos efeitos gerados pelo calor emitido pelo laser na camada de gordura.

Por liberar calor, o laser também ajuda a minimizar o sangramento, coagulando pequenos vasos (veias e artérias). Também, ao esquentar internamente, pode levar à uma maior contração da pele, com potencial de maior reparação de leve flacidez.

Ou seja, a Lipo a Laser é uma boa alternativa para quem busca um melhor contorno corporal, principalmente em associação à Vibrolipoaspiração (falaremos mais dessa técnica abaixo) e em casos de leve flacidez de pele.

Pós-operatório da Lipo a Laser

lipoaspiracao-a-laser

As recomendações para o pós-operatório são de repouso durante os primeiros sete dias. É preciso que o paciente utilize cinta no primeiro mês, uma vez que ela ajuda a modelar a nova silhueta.   

Longas exposições solares, como praias e piscinas devem ser evitadas pelo menos nos dois primeiros meses.

Além destas, recomenda-se ao paciente que realize sessões de drenagem linfática, que ajuda a diminuir o inchaço e o incômodo do pós-operatório e realça o novo contorno corporal.

Embora as pequenas cicatrizes possam levar até um ano para atingir sua coloração natural, o resultado da Lipo a Laser pode ser notado com clareza seis meses após a realização do procedimento.

Contudo, a Lipo a Laser pode ser considerada um grande avanço da medicina

Desde a sua criação em 1983, pelo francês Illouz, a Lipoaspiração tem tido grandes avanços técnicos, ficando cada vez mais segura e menos agressiva.

Originalmente criada por meio da introdução de cânulas de grande calibre, utilizadas para a aspiração da gordura.

A técnica não raro levava à produção de irregularidades, nodulações e grandes equimoses (roxeado). Isso se devia ao fato de uma cânula grossa ‘arrancar’ a gordura de forma grosseira e com muito trauma para o tecido gorduroso.

Com o passar dos anos, as cânulas foram afinando cada vez mais, o que ajudou a minimizar o trauma cirúrgico.

Associada à utilização de anestésicos locais e adrenalina, o sangramento intra-operatório também foi minimizado. Assim como a necessidade da utilização de grandes quantidades de anestésicos gerais.

Mais segurança, melhores resultados e sua autoestima de volta!

lipoaspiracao-a-laser-1

Quanto menor o trauma, menor o sangramento, melhor a recuperação, menor o período de afastamento das atividades cotidianas, maior a segurança da cirurgia.

Assim, a Lipoaspiração foi se popularizando, por ter melhores resultados e maior segurança.

Porém, o maior avanço na Lipoaspiração pode ser considerada a introdução de mecanismos vibratórios nas cânulas.

Com a cânula vibrando ao penetrar na gordura, o trauma no tecido gorduroso é muito menor. O que pode ser comprovado com um menor sangramento, menor dor pós-operatória, recuperação mais rápida e menor chance de irregularidades.

Este tipo de mecanismo passou a ser chamado de Vibrolipoaspiração.

Conclusão

Logicamente que o resultado da cirurgia ainda está nas mãos e na experiência do cirurgião que manipula a cânula. Mas, sem dúvida nenhuma a Vibrolipoaspiração e o Laser, vieram para facilitar a vida do cirurgião e a recuperação do paciente.

 

Topics: Lipoaspiração