Cirurgia Plástica e Estética

Mini abdominoplastia, você já ouviu falar dela?

Publicado por Thuane Kuchta on 8/dez/2017 10:27:00

A Abdominoplastia é uma das cirurgias estéticas mais procuradas no Brasil em qualquer estação do ano, porém no verão os números de procedimentos agendados aumentam significativamente. Isso porque todo mundo quer ficar com a barriga retinha na estação mais quente do ano. No entanto, a cirurgia demanda um período pós cirúrgico de cerca de 2 meses de repouso... e como estamos cada vez mais próximos do verão, muitos não se vêem em tal situação.

Para isso, oferecemos a opção de Mini abdominoplastia. Esta cirurgia é semelhante à Abdominoplastia, porém é menos complexa, tem uma recuperação mais rápida e possui poucas cicatrizes. Gostou? Então acompanhe!

Melhores candidatos

O procedimento de mini abdominoplastia é indicado para pacientes (homens ou mulheres) que desejam melhorar a aparência do abdômen, encontram-se dentro de uma faixa de peso ideal e não apresentam uma situação agravada de flacidez e sobra de pele.

Como é realizada

mini-abdominoplastia-1.jpg

A mini-abdominoplastia retira pouca pele (em torno de 3 cm, por isso a cicatriz é menor, ficando entre o tamanho de uma cesárea e da abdominoplastia clássica). A parte da musculatura amarrada é apenas a abaixo do umbigo. O umbigo não é remodelado como na abdominoplastia. Logo, para ter indicação de mini-abdominoplastia, a paciente deve ter pouca pele em excesso, pouca flacidez muscular (apenas abaixo do umbigo).

A cirurgia dura em torno de 2 horas.

Recuperação e retorno às atividades

O retorno ao trabalho pode ser em uma semana, evitando esforços e exercícios por 45 dias, tempo em que se usa cinta compressiva. Dirigir é permitido após 14 dias. Drenagem linfática e ultrassom são indicados após 5 dias.

Dores

A dor não costuma ser forte, sendo comum apenas um desconforto controlado por medicamentos comuns.

Cicatriz

A cicatriz resultante de uma Mini-abdominoplastia localiza-se horizontalmente logo acima da implantação dos pelos pubianos, podendo prolongar-se lateralmente em pequena extensão, dependendo do grau de flacidez. Esta cicatriz é planejada para ficar escondida sob as roupas de banho, e passará por vários períodos de evolução.

Qual o papel da drenagem linfática no pós-operatório?

A drenagem linfática ajuda na remoção de líquidos e toxinas acumulados nas regiões operadas. Isto leva a mais conforto para a(o) paciente, menos dor no pós-operatório e mais rápido retorno às atividades do dia-a-dia. Mas é fundamental que seja feita por profissional com experiência em pós-operatório de cirurgia plástica, pois a drenagem linfática mal feita, pode interferir negativamente no resultado final.

Possíveis complicações da mini abdominoplastia

Assim como todo procedimento cirúrgico, a mini abdominoplastia não é isenta de complicações e riscos, apesar de serem baixos. Dentre as possíveis complicações podemos nos defrontar com hematomas, seroma, infecção e abertura das suturas, necrose tecidual, irregularidades, parestesia, trombose venosa profunda, dentre outras. Então, antes de se submeter ao procedimento, é importante conversar com o cirurgião e saber tudo que é possível ocorrer.

Mini abdominoplastia associada a Lipoaspiração

mini-abdominoplastia-1-1.jpg

Quando não há flacidez de pele na região onde será realizada a Lipoaspiração, apenas a mesma é suficiente. Porém, quando encontra-se uma flacidez significativa pode ser necessário associá-la a mini abdominoplastia.

Ideal para flacidez abdominal após gravidez

É comum durante a gravidez, devido à distensão do abdômen, haver um laceamento da pele, separação da musculatura e consequente flacidez abdominal. Porém o grau depende do quanto se engorda, do tamanho da distensão do abdômen e da genética da paciente.

Topics: Abdominoplastia, Mini abdominoplastia