Cirurgia Plástica e Estética

Qual o silicone ideal para cada pessoa?

Publicado por Bianca Luzetti on 26/jun/2017 17:04:40

Essa é uma pergunta recorrente em nosso consultório. A cirurgia plástica de mamoplastia de aumento, popularmente conhecida como prótese de silicone, é a cirurgia plástica mais realizada em todo mundo. Existem estudos que comprovam que a colocação de uma prótese pode melhorar e muito a autoestima das mulheres.

Mas muito mais do uma singela mudança, ela envolve riscos, expectativas, mudança de comportamento. Além disso, demanda comprometimento e uma intensa avaliação para, na busca de consertar um problema, não se arranjar outro.

Diversos fatores influenciam o volume da prótese de silicone a ser utilizado. Infelizmente, nem sempre podemos atingir o volume ideal solicitado pela paciente, seja por questões estéticas ou limitações - como de pele. Isso porque na hora de ser escolhido o tamanho da prótese, é levado em consideração além do desejo pessoal da paciente, vários outros fatores.

Se tentarmos usar uma prótese muito grande em uma paciente que não tenha pele suficiente, por exemplo, isso poderá levar à estrias ou dores nos seios. Em termos estéticos, podemos dizer que próteses muito grandes não se adequam ao perfil de mulheres baixas, pois podem promover a impressão de estarem acima do peso.

Mas afinal, qual dentre tantas opções é o silicone ideal para mim?

O mais importante é saber que uma prótese boa para uma pessoa, não é a ideal para outra. Assim como nossos biotipos, as próteses também possuem suas variações.

Seu material interior pode ser de silicone gel ou salina (soro fisiológico). Além disso, ainda podemos escolher o plano de colocação que consiste em abaixo do músculo, acima, optar pela cicatriz nas axilas, na aréola, ou abaixo da mama. Mas calma, daremos as diretrizes para que se tenha uma ideia de qual é o ideal para você.

cirurgias-de-proteses-de-silicone.jpg

Tipo de próteses

A escolha do tipo de prótese de silicone ideal para cada paciente é uma decisão tão importante quanto a escolha do tamanho. Veja suas diferenças:

Prótese redonda – é simétrico em todas suas dimensões e projeta mais o colo. Isso por um lado pode deixar a mama mais sexy, por outro lado, marca mais a mama, o que pode deixar um aspecto artificial, muito arredondado.

Prótese cônica -  está indicado para pacientes que têm o tórax e ombros estreitos por possuir menor largura. Essas próteses ajudam a deixar os seios com um formato menos arrendado e com a sensação de empinados, assim como naturalmente acontece com mulheres que têm mamilos menores e jovens.

Anatômico – Apresentam um formato de gota e tem como objetivo conquistar um resultado mais natural realçando mais a parte inferior dos seios, sem chamar tanta atenção para o colo. Mais utilizadas nas pacientes que já possuem mamas com formas e contornos estéticos e querem apenas um aumento mais proporcional.

 bronzeado.jpg

Projeção

Além de seus formatos, as próteses se diferenciam pela sua projeção.

Perfil baixo – A largura é maior e altura menor. Indicada para pacientes que possuem o tórax largo. Não é muito utilizado.

Perfil moderado – Apresentam maior projeção que as de perfil baixo, promove mamas com colos altos e mais próximos. Indicado para pacientes mais altas e com tórax largo, mas que não querem muito projeção das mamas.

Perfil alto -  A largura é moderada e oferece mais projeção aos seios. Ideal para mulheres com pouco volume no colo.

Perfil super alto – Tem a largura da prótese mais estreita e maior projeção. Ideal para mulheres de tórax estreito e que querem o colo muito marcado.

Sua superfície: Textura

Lisa – Praticamente abandonada por possuir maior índice de contratura muscular. capsular.

Texturizada - Apresenta índices menores de contratura capsular. São as próteses de silicone mais utilizadas.

Poliuretano – É de difícil colocação. Possui sua superfície revestida com espuma de poliuretano, porém é mais sensível à palpação e possui maiores chances de dobras. que proporciona maior aderência nos tecidos e menor queda e índices de contratura capsular. É indicada para colocação abaixo da glândula.

Material de preenchimento das próteses mamárias

Solução Salina - Colocam-se as próteses vazias e em seguida, com uma seringa e soro fisiológico, se preenche a prótese até se chegar ao tamanho de mama desejado. Possui o inconveniente de se notar esse líquido quando em movimento, ser mais dura e artificial ao toque e possuir o risco de vazamento da solução salina. Muito pouco usada no Brasil.

Gel de Silicone - É a mais utilizada em todo o mundo. Utilizam gel de silicone coesivo, ou seja, mesmo que ocorra alguma ruptura traumática, o silicone não irá vazar. Proporciona maior resistência à prótese e maior naturalidade ao toque.

tamanho-da-protese-de-silicone-como-escolher-o-ideal-800x400.jpg

Tamanho

Em relação ao tamanho, pense se você busca um visual mais natural ou não. O tamanho ideal sempre será aquele que ficará bonito sem prejudicar sua saúde, proporcionando um visual harmonioso entre os seios, o tórax e a altura corporal. As próteses mais avantajadas ficam bem para mulheres altas ou que tenham quadris largos, por exemplo. Para aquelas pacientes que ainda não tiveram filhos, a melhor opção são as próteses com projeção mais natuais menores, pois após a amamentação a pele poderá estender. distender.

E decidir por um implante maior e arrepender-se futuramente pode gerar um prejuízo estético, financeiro e até psicológico. Pois ao retirar essas próteses para substituí-las por menores, a pele ficará flácida e com excesso, e em muitos casos será necessário realizar uma mastopexia, o que deixará as suas cicatrizes na mama maiores que as de uma mamoplastia de aumento comum. Por isso, pense com cautela.

Qual seu estilo de vida?

Outra questão que deve ser levado em conta é o estilo de vida da mulher, porque embora a inclusão de uma prótese de mama não vá impedir que pratique exercícios e tenha uma vida saudável, caso o tamanho seja desacerbado exacerbado para o biótipo da paciente, pode causar grandes desconfortos na realização de exercícios mais rigorosos.

Converse e muito com o seu médico!

Assegure-se da formação do médico que escolheu, é preciso que seja um cirurgião plástico especializado e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, assim ele será um profissional habilitado. É importante explicar ao seu cirurgião plástico quais suas expectativas e o questioná-lo sobre as possibilidades de resultado. A confiança entre paciente e médico sempre será fundamental.

Conclusão

Um bom cirurgião sempre levará em conta a distância entre as aureolas, a distância entre o seio e o pescoço, dentre outros fatores já citados, peso e altura da paciente, largura do ombro, tórax e quadril, tamanho das glândulas mamárias e consistência da pele.

CTA_Pequeno.png

E é sempre válido enfatizar a importância desse profissional que receberá o seu aval para realizar o desejo da mulher de se sentir bem com seu próprio corpo. Não por ele ser apenas o responsável por todo o processo, mas também porque é ele que saberá fazer uma análise completa do seu perfil como paciente a fim de trabalhá-la junto aos tipos de próteses citados, chegando finalmente à escolha ideal.

Topics: Prótese de Mama